Como tirar o esmalte rápido

20 de out. de 2020

Sesc Pinheiros apresenta a quarta edição do “Radar Sonoro”

 Sesc Pinheiros apresenta a quarta edição do “Radar Sonoro”, com a participação do músico Thiago França, integrante do trio Metá Metá, e do jornalista GG Albuquerque

O episódio vai ar na sexta-feira, 23 de outubro às 11h,
no YouTube do Sesc Pinheiros (youtube/sescpinheiros)

Além do episódio, o jornalista GG Albuquerque apresenta um texto com curadoria
de 20 artistas negros das periferias do Brasil no Portal do Sesc

 

Fotos: https://bit.ly/3je8AYz

 

Radar Sonoro é uma série de vídeos e textos que traça um panorama da produção musical brasileira no contexto de pandemia e distanciamento social. Nos últimos meses, o Brasil e o mundo vivem os impactos da Covid-19, que alteraram profundamente os modos como convivemos, nos relacionamos, compartilhamos, produzimos e criamos. A provocação central deste projeto é questionar como esses novos tempos têm ressignificado o fazer artístico, em especial a música. A cada edição, jornalistas, pesquisadores e músicos discutem projetos musicais novos, inéditos ou em gestação, que ainda não estão nas ruas e nos teatros, mas que fazem barulho no ambiente digital.

O quarto encontro, disponível a partir do dia 23 de outubro, às 11h, nas redes sociais do Sesc Pinheiros, tem como convidados Thiago França, integrante do trio Metá Metá e líder da banda e bloco Espetacular Charanga do França e o pesquisador e jornalista pernambucano GG Albuquerque para conversar sobre o processo de produção durante a pandemia.

França fala do álbum “KD VCS“ e do que o motivou a chegar a esse trabalho, lançado em abril deste ano, no contexto da pandemia. Na conversa, trata das experiências musicais em vertentes tão distintas que vivenciou, da gafieira ao free jazz, da marchinha de carnaval ao rap, do choro à música de terreiro.

O jornalista GG Albuquerque (editor do site Volume Morto e co-fundador do Portal Embrazando), conduz o bate-papo com Thiago e traça, a partir do álbum “KD VCS”, a trajetória do músico, que é destaque no cenário musical pela singularidade de seu saxofone, em vários projetos, de linguagens tradicionais, como o choro à improvisação livre. 

O disco de saxofone solo “KD VCS” é um apanhado de ideias de mais de 30 anos de saxofone, que, segundo Thiago França “se mostrar por completo, só” e verdadeiro com o público. O saxofonista desbrava o próprio instrumento num álbum dedicado apenas a ele, sem intermediações, gravado todo em takes únicos e sem outros instrumentos ou efeitos de pós-produção. Thiago comenta que as 7 faixas são “tudo quase composição, menos improvisação”. São elas: Aguiã, AlufãNgoloxi, Dongô, Pescoço Curto, Tarrasque, Maercúria, Dentro da Pedra.

Além disso, faz parte do trio Metá Metá (formado por ele, Juçara Marçal e Kiko Dinucci), com mais de 10 anos de estrada, cuja discografia é composta pelos EP’s “Alakorô” (2013), “EP” (2015), “EP 3” (2017) e os álbuns de estúdio “Metá Metá” (2011), “MetaL MetaL” (2012), “MM3” (2016) e “Gira” (Trilha Sonora Original do Espetáculo do Grupo Corpo, 2017). E ainda lidera o bloco Espetacular Charanga do França, que reúne milhares de foliões no Carnaval e se mantém ativo durante o ano todo, não apenas na folia.

O Radar Sonoro traz, em cada edição, um nome do jornalismo musical e um artista da cena da música brasileira. Já participaram do projeto: a atriz, rapper, compositora e cantora Dani Nega, o vocalista da banda Mombojó, Felipe S, o trombonista Joabe Reis, os jornalistas e críticos musicais Alexandre Matias, Carlos Calado e Debóra Pill.

 

Sobre Thiago França

Músico, compositor, arranjador e produtor, integrante do trio Metá Metá e líder da banda e bloco Espetacular Charanga do França. Tem 30 discos lançados entre trabalhos solos e coletivos e já participou de quase uma centena de gravações com outros artistas como Romulo Fróes, Rodrigo Campos, Céu, Criolo, Tulipa Ruiz, Marcelo D2 e Jards Macalé, entre muitos outros. Desenvolveu um jeito próprio de tocar saxofone, unindo linguagens tradicionais, como o choro, e a improvisação livre.  Além das turnês internacionais com o Metá Metá, já colaborou em shows com artistas como Tony Allen, Brian Jackson, Mano Brown e Marshall Allen.

 

Sobre GG Albuquerque

GG Albuquerque é jornalista e pesquisador doutorando em Estéticas e Culturas da Imagem e do Som pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Edita o site Volume Morto e é co-fundador do Portal Embrazado, dedicado às culturas musicais das periferias brasileiras. Trabalhou como repórter de cultura do Jornal do Commercio e da Folha de Pernambuco e colabora no Portal Kondzilla, UOL Tab, Outros Críticos e Vice Brasil. Escreveu e apresentou o documentário sobre bregafunk produzido pelo Spotify, em novembro de 2019.

 

+ SESC NA QUARENTENA

Durante o período de distanciamento social, em que as unidades do Sesc no estado de São Paulo permanecem fechadas para evitar a propagação do novo coronavírus, um conjunto de iniciativas garantem a continuidade de sua ação sociocultural nas diversas áreas em que atua. Pelos canais digitais e redes sociais, o público pode acompanhar o andamento dessas ações e ter acesso a conteúdos exclusivos de forma gratuita e irrestrita.  Confira a programação e fique #EmCasaComSesc.

Mesa Brasil | Tecido Solidário | Fabricação Digital de Protetores Faciais | Teatro | Música | Dança | Cinema | Esporte | Crianças | Ideias | SescTV | Selo Sesc | Edições Sesc São Paulo | Youtube Sesc São Paulo | Instagram Sesc Ao Vivo | Portal Sesc SP

 

+ SESC DIGITAL

A presença digital do Sesc São Paulo vem sendo construída desde 1996, sempre pautada pela distribuição diária de informações sobre seus programas, projetos e atividades e marcada pela experimentação. O propósito de expandir o alcance de suas ações socioculturais vem do interesse institucional pela crescente universalização de seu atendimento, incluindo públicos que não têm contato com as ações presenciais oferecidas nas 40 unidades operacionais espalhadas pelo estado.

Saiba +: Sesc Digital

Acompanhe o Sesc Pinheiros nas redes sociais:
Facebook, YouTube, Twitter e Instagram/@sescspinheiros
 

Nenhum comentário: