Buscar
http://www.podcultura.com.br/userfiles/_79d329d7b964b9dcc7be571978ebbefe1355863222.jpg



Destaques

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

http://www.podcultura.com.br/userfiles/_0de6e4e037ea36ce05db83772cbb3abe1384262597.jpg
http://www.podcultura.com.br/userfiles/_7e768bb72ad5b8f66f49af10ba277bc61403473244.jpg
http://www.podcultura.com.br/userfiles/_0de6e4e037ea36ce05db83772cbb3abe1384263534.jpg
Saúde
COITO INTERROMPIDO PODE ENGRAVIDAR?

 Um dos métodos contraceptivos mais antigos, o coito interrompido é a ação, na qual durante a relação sexual, o pênis é retirado da vagina antes da ejaculação. Por ser prático, o método é bastante difundido entre os casais, porém, não é sinônimo de proteção completa já que a eficiência da técnica depende do autocontrole do homem. Além disso, não elimina os riscos de doenças sexualmente transmissíveis.

Estudos apontam que a principal causa da falha do método do coito interrompido é a falta do autocontrole de quem o utiliza. "Antes da ejaculação, ocorre o que chamamos de fluído de cowper, uma espécie de pré-ejaculação. Se o homem não for completamente controlado, pode resultar no depósito de sêmen na vulva, que pode facilmente migrar para o sistema reprodutivo feminino", explica o médico ginecologista e obstetra Dr. Domingos Mantelli Borges Filho.

Fato é que o assunto divide opiniões. Alguns médicos vêem o coito interrompido como um método ineficiente. Em contrapartida, alguns estudos apontam que mesmo sem tanta exatidão na hora de tirar o pênis, as chances de uma gravidez são bem remotas.

Ainda assim, são válidas algumas dicas que minimizam ainda mais o risco de uma gravidez indesejada. Urinar entre as ejaculações é uma delas. A urina limpa qualquer resíduo de esperma alojado na uretra. Lavar as mãos e o pênis entre uma relação e outra também são indicados.

Até hoje não foram constatados casos de gravidez do uso do Coito Interrompido aliado a outros métodos contraceptivos, como pro exemplo, as injeções anticoncepcionais e os adesivos. Esses procedimentos transformam a parede da vagina em um ambiente inapropriado para a sobrevivência do espermatozóide, portanto, mesmo o sêmen do líquido pré-ejaculado morre facilmente, impossibilitando a fecundação.

Fonte- Ginecologista e Obstetra Dr. Domingos Mantelli Borges Filho
Site- 
www.domingosmantelli.com.br


 

Portal Podcultura


Pauta

Carla Manga


Colaborador de pautas

Larissa Yamatogue


Marketing e Publicidade 

Carol Queiroz


Editor Chefe

Sandra Camillo

 

Artigos Relacionados

Assinante


Cartão de Descontos
Podcultura


Exclusivos para assinantes do portal



Cadastro de Profissionais

http://www.podcultura.com.br/userfiles/_442dfcc53768911947c873145b4821f41335593251.jpg
TV Podcultura
     
 
 
     
O seu bichinho de estimação já tem plano de saúde? Manifestação contra o governo Dilma
+ Lidas
1. 461 anos de São Paulo com programação especial no parque do Ibirapuera
2. Izabel Litieri homenageia SP com obra de arte
3. Espetáculos Dia 25 de janeiro, Sesc Pompéia, Sesc Carmo e demais unidades da capital
4. Aniversário de São Paulo terá dezenas de atrações
5. "Deixa Eu Te Contar" em cartaz até 1 de fevereiro no Teatro Gazeta
http://www.podcultura.com.br/userfiles/_6d1bbed56f31a1e5f3778552b1e455381402963434.jpg
Cadastro de Técnicos Cadastro de Artistas Busca de Profissionais
Todos os direitos reservados Podcultura© 2011. porextenso.com