Vida Sana

3 de jan de 2018

Oito razões para contratar um coach agora



Tália Jaoui, autora do livro A Revolução do Coaching, contraria filósofo dinamarquês Svend Brinkmann, e destaca importância do coach
O filósofo dinamarquês Svend Brinkmann declarou recentemente em entrevista à Exame que as pessoas deveriam demitir seus coaches. Na reportagem, ele afirmou que a indústria da autoajuda só contribui para reforçar a infelicidade causada pelo individualismo.
Tália Jaoui, Master Coach Trainer da Prime Talent Brasil e autora do livro "A Revolução do Coaching", apresenta outra versão sobre o assunto e apresenta razões para, sim, contratar um coach!
Confira o artigo dela:
Alguns de meus alunos me enviaram mensagens acerca de um filósofo que manda as pessoas demitirem “seus coaches”. Sorri e li a tal matéria polêmica. Ele ataca a auto-ajuda e a psicologia positiva.
Primeiramente, o que ele chama de auto-ajuda eu chamo de autodesenvolvimento e isso todos nós necessitamos.
Existe também a confusão que não só ele, como outros autores também fazem em relação ao que significa “coach" e "coaching”. Esclarecendo: coach não é o seu treinador e não existe um pressuposto de que você está competindo com alguém. Pelo contrário, em coaching você compete consigo mesmo e faz de tudo para chegar exatamente onde quer chegar. Por você.
Nada te impede de ter uma meta voltada ao “coletivo”. Pelo contrário, quanto mais em paz estiver com você e melhor conhecer você mesmo, mais vai pensar no coletivo. Mentes atormentadas raramente pensam nos demais.
De nada adianta um discurso no qual você vai contra a “máscara de oxigênio primeiramente em você”, porque é exatamente isso que você vai fazer quando o avião começar a cair. Você não consegue colocar a máscar em outra pessoa se estiver morto. Inclusive, quando se escreve um título sem saber minimamente sobre o que está criticando, parece a própria máscara.
O coach é alguém que te obriga a olhar para si mesmo, mas não apenas pensar sobre si mesmo. Ele te desafia a agir e cumprir suas obrigações para chegar onde quer que seja, premissa esta adotada pelo filósofo.
Então aqui vão oito razões para contratar um coach:
1. Ele é chato: seu coach não sossegará até que você tenha uma resposta que te leve na direção do seu objetivo.
2. Ele é mais chato ainda: ele te desafiará com afinco, sem descanso, para que você se conscientize e esgote todas as possibilidades de ação.
3. Ele não desiste de você: um coach bem preparado luta por seu cliente e o estimula a novas opções e escolhas.
4. Ele acredita em você: um coach jamais desconfia do seu cliente. Ele o apoia até nos momentos mais improváveis, em que outro profisisonal pararia para discutir a veracidade daquele discurso.
5. Ele não te julga: um coach não acha que isso é bom ou ruim. Ele faz com que você se questione, levante os pontos e decida.
6. Ele parece “mágico”: muitas vezes você vai parar e dizer que isso é tão simples e “não sei como não tinha pensado antes”.
7. Ele é comprometido: coach é uma pessoa que estuda e sabe o que pode ou não fazer em uma sessão. Ele treina e se prepara.
8. Ele te motiva: preste atencão. Não é aquela motivação “vai que você consegue!”. Ele cobra suas atividades semanais e está disposto a te ouvir e te apoiar em todos os encontros. Ele torce pelo seu sucesso e é amigo da sua meta.
Tália Jaoui é Master Coach Trainer da Prime Talent Brasil e já formou mais de 3 mil coaches no Brasil. É sócia fundadora da DHUMA Treinamento & Desenvolvimento, apresentadora do programa Conexão Comportamento no Youtube, psicóloga e palestrante comportamental. Também é autora do livro "Quando! Quando...Quando?" e co-autora das obras "A Elite do Coaching - volumes 1 e 2".


#Poddultura #SandraCamillo 

Nenhum comentário: