Vida Sana

4 de jun. de 2019

O escritor múltiplo na cena contemporânea




Novo volume da Coleção Contemporânea, da Civilização Brasileira, aborda a produção de escritores que alternam a criação literária, a atividade teórica, crítica e acadêmica. Livro é de autoria de Evelina Hoisel, professora titular da Universidade Federal da Bahia



TEORIA, CRÍTICA E CRIAÇÃO LITERÁRIA
Evelina Hoisel
208 páginas | R$ 42,90

Editora Civilização Brasileira | Grupo Editorial Record





 

 
Neste livro, Evelina Hoisel, renomada professora titular de Teoria da Literatura, debruça-se sobre questões complexas referentes ao universo da teoria, da crítica e da criação literária. Permeia o estudo a noção do escritor e seus múltiplos, aquele que se desdobra também nas funções de crítico, intelectual e professor. Autores como Silviano Santiago, Haroldo de Campos, Décio Pignatari, Affonso Romano de Sant’Anna, Judith Grossmann e Evando Nascimento, entre outros, são abordados sob o prisma de questões contemporâneas, segundo aspectos de autobiografia, autoficção e bioficção, temáticas decisivas para a literatura no século XXI. Sublinhe-se a visada interdisciplinar dos estudos literários em relação à Filosofia, em particular pensadores franceses como Jacques Derrida, Michel Foucault, Gilles Deleuze e Roland Barthes.
A pesquisa de Hoisel é útil tanto para estudantes e professores universitários quanto para o público em geral. Como diz a autora: “Os aspectos (auto)biográficos de um sujeito fazem parte do processo de feitura de sua produção, seja ela qual for, porque a autobiografia não se encontra apenas no conteúdo, ou na referencialidade dos fatos, ela está nas articulações da linguagem, nos ritmos, sejam eles sonantes ou dissonantes.” É esse sujeito reinventado pelo texto literário que nos convida a repensar diversos aspectos da cultura hoje.
Coleção Contemporânea se propõe a tratar de temas atuais nas áreas de Filosofia, Literatura & Artes. Participam dela nomes de destaque na produção cultural contemporânea, sempre com a finalidade de refletir sobre assuntos, pensadores e correntes que de algum modo ajudam a rever o mundo em tempos de cultura planetária. O enfoque é o de um pensamento original,em linguagem acessível, mas preservando a profundidade e o rigor da reflexão.
Evelina Hoisel é professora titular de Teoria da Literatura da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Foi diretora do Instituto de Letras da UFBA e coordenadora da Pós-Graduação (PPGLL), presidente da Associação Brasileira de Literatura Brasileira (Abralic) e da Academia de Letras da Bahia. É pesquisadora do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e autora dos livros Supercaos: os estilhaços da cultura em PanAmérica e Nações Unidas; Grande sertão: Veredas – uma escritura biográfica, entre outros. Possui vários ensaios publicados em coletâneas e periódicos


Nenhum comentário: