A Casa das Letras

6 de fev. de 2020

Como ter um ano letivo de sucesso?


*Fernanda Vasconcelos

As férias escolares estão acabando e você já está pensando em toda aquela correria de volta as aulas? Já comprou os materiais escolares? O tempo passa rápido, né? Ontem estávamos organizando a ceia de Natal e agora 2020 já nos cobra produtividade para um novo ano.

Não sei como foi o ano letivo de 2019 aí na sua casa, mas muitas famílias brasileiras passaram por vários conflitos. De todos as dificuldades que a educação brasileira enfrenta, com certeza o desinteresse pelos estudos por parte dos alunos é um grande problema que atinge as famílias.

Em mais de uma década em sala de aula, percebo que as crianças e adolescentes estão perdendo o gosto pelos estudos. E isso gera um sentimento de frustração nas famílias, nos estudantes e, consequentemente, nos profissionais da educação.

Mas, nem tudo está perdido! Eu, como mãe e professora, acredito que algumas mudanças na rotina familiar podem, sim, melhorar o desempenho do seu filho no ano de 2020.

Por isso, se você quer ter um ano letivo mais tranquilo e prazeroso para todos da família, separei cinco dicas práticas pra você. Vamos a elas?

1- Crie um ambiente de estudos em casa

Separe um cantinho para estudar, decore o local e deixe todo o material escolar ali. Quando o estudante percebe que existe um espaço para estudos em casa, ele entende que a família valoriza aquela prática. Ter um espaço próprio para isso ajuda na organização, concentração e motivação.

2- Faça um calendário com as principais datas do bimestre

Essa dica é muito importante! O estudante precisa aprender a usar uma agenda, física ou eletrônica, a seu favor. Em sala de aula percebo que muitos alunos se prejudicam com a nota final do bimestre porque se atrapalham com a quantidade de trabalhos e lições que precisam entregar.

A criança e o adolescente se perdem facilmente no tempo com a quantidade de estímulos que recebem a todo instante. Por isso, se não estiverem anotando diariamente tudo o que precisam fazer, eles vão se perder, e quando chegar ao final do bimestre, o resultado é um só: nota vermelha!

3- Acompanhe de perto

É fundamental que você ajude o estudante a se organizar, afinal, ele ainda não consegue controlar sozinho uma agenda tão cheia de compromissos. Até nós, que somos adultos, nos esquecemos de pagar uma conta importante ou perdemos uma data ou outra. Imagine eles, que estão treinando para essa vida de responsabilidades? Por isso eles precisam ser orientados e guiados. Acompanhar de perto a vida escolar do seu filho, mesmo que ele seja um adolescente, é fundamental.

Vá dando autonomia aos poucos, sem abrir mão por completo. Esteja atento ao calendário escolar e acompanhe com amor. No mercado de trabalho ele não terá o seu apoio, mas na vida escolar ele pode aprender com a sua ajuda. Curta o momento!

4- Estudar todos os dias!

Seu filho não sai do celular ou vídeo game? Ajude-o!

Estipule horários para brincar, jogar, arrumar o quarto, ajudar com os afazeres da casa e também estudar. Todos os dias eles precisam estudar. “Ah, mas meu filho fala que nunca tem lição de casa”. Será? E mesmo que não tenha, estudar pode ser feito de diversas maneiras: Leitura do livro paradidático que a escola solicitou, adiantar o trabalho que deverá ser entregue nas próximas semanas, vídeos educativos no YouTube, assistir à documentários, brincar de caça palavras, palavras cruzadas, escrever um livro, alimentar um blog… todas essas atividades fazem seu estudante estar em movimento.

5- Vá à todas as reuniões escolares

São apenas quatro reuniões ao longo de um ano inteiro. Separe a data na agenda, combine no trabalho. Inclusive, é lei, você pode participar das reuniões de seus filhos sem ter desconto em folha de pagamento.

Acompanhe de perto a vida escolar do seu estudante e não deixe tudo para a última hora. Ligue na escola, mande e-mail, fique atento. Ajude-o nesse primeiro grande desafio da vida.

Eu sei que não é fácil. São muitas coisas para cuidar, pensar, organizar e dar conta. Mas, a vida escolar do seu filho é o primeiro grande desafio da vida dele e a família precisa estar perto para dar suporte e fazer deste período mais tranquilo e prazeroso.

A escola é uma grande fonte de aprendizagem, não só de conteúdo, mas da vida. É no ambiente escolar que seu filho vai aprender a se relacionar, lidar com as emoções, falar em público, organizar uma agenda de tarefas, entregar trabalhos com organização e capricho. Cuide, ame e aproveite essa fase porque, como todas as outras, vai passar.

*Fernanda Vasconcelos é formada em Letras, psicopedagoga, pós-graduada em mediação tecnológica, palestrante especialista em desenvolvimento humano e Analista Comportamental.

Nenhum comentário: